Pixel Facebook:
top of page
  • Foto do escritorExpandir Franquias

Segunda franquia: vale a pena tentar de novo?


segunda franquia
Foto: Reprodução/Envato

Você abriu uma franquia pela primeira vez, mas deu errado e agora você não sabe se deve abrir uma segunda franquia?

Neste post você conhecerá um caso parecido e entenderá se essa é uma boa opção para você com 3 conselhos práticos!


[Case] Primeira franquia não deu certo, então abri uma segunda franquia

Esse foi o caso de Alessandra [1]. A empreendedora, de início, abriu uma franquia no setor de alimentação.

Apesar de gostar do nicho, sua primeira tentativa de franquia não deu certo.

O sucesso veio só com a segunda franquia, tempos depois.

A empresária conta que a principal diferença entre a abertura da primeira e da segunda franquia foi seu amadurecimento.

Ou seja, ela se preparou e estudou muito mais o mercado, entendendo todos os erros que cometeu na primeira tentativa.

A nova franquia, aliás, é do mesmo setor! Por isso, a mudança de fato foi mais interna que externa.


Como saber se você deve tentar de novo: 3 conselhos práticos

A seguir, você encontrará 3 conselhos práticos para entender se deve ou não abrir uma segunda franquia. Confira!


Avalie o motivo do fracasso

Procure lembrar de todos os detalhes possíveis da sua primeira franquia, especialmente os erros.

Aqui estão algumas perguntas para te ajudar:

  • Qual foi o principal motivo para o fim da primeira franquia?

  • A localização escolhida antes era boa ou ela pode ter te prejudicado?

  • Seu planejamento estava se cumprindo aos poucos ou o negócio estava caminhando mais no improviso?

  • Você, como gestor, se sentia presente e dedicado ao negócio?

  • Será que você pode ter se sobrecarregado e deixado de contratar pessoas mesmo podendo arcar com esse custo financeiramente?

Pense com calma e honestidade.

Ser empreendedor também é lidar com os erros dos profissionais em quem confiamos e com os nossos próprios erros — principalmente os nossos.



Organize-se e faça uma boa reserva financeira

O primeiro passo da sua organização é avaliar com muito cuidado até entender se você tem o valor necessário para abrir uma segunda franquia.

Investigue:

  • Qual capital você tem disponível para o empreendimento;

  • Se você precisará de empréstimos;

  • Qual é a projeção realista de retorno sobre o investimento.

Você não é iniciante, você já conhece o caminho das pedras. Por isso, certifique-se de ter uma reserva financeira para enfrentar os desafios do início.

Além disso, caso a primeira franquia tenha causado prejuízos, a melhor opção é se recuperar antes de voltar ao mercado.


Busque suporte

Mesmo que você não seja iniciante, seu erro pode estar justamente em querer se virar sem ajuda.

Nesse cenário, tudo o que você ganha é uma sobrecarga que te impede de alçar melhores voos.

Portanto, não deixe de buscar suporte, principalmente o de especialistas que já passaram por esse caminho e sabem exatamente o que fazer.


Acerte agora.

Seja a sua primeira ou segunda franquia, esse é o momento para estruturar seu negócio da maneira certa.

Não perca mais tempo e dinheiro investindo de forma inconsistente. Formate sua franquia com especialistas.

A Expandir Franquias é uma empresa consolidada no mercado de franquias e realiza sonhos por onde passa.

E para entender ainda mais sobre o mundo das franquias, não perca os conteúdos exclusivos do nosso blog.


Fontes do artigo


0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo
bottom of page